terça-feira, 19 de abril de 2011

PLANO MARSHALL


Chevrolet Bel Air 57 foi um dos
sucessos do século XX.

            Em 1947, os Estados Unidos lançaram o Plano Marshall (European Recovery Program), que visava consolidar o capitalismo na Europa Ocidental e reconquistar o espaço perdido para os soviéticos na Europa Ocidental. Esse plano consistia numa ajuda econômica de grandes proporções a todos os países europeus atingidos diretamente pela guerra, inclusive aos que haviam optado pela orientação socialista. Entretanto, devido a pressões da União Soviética, os países do Leste europeu, exceto a Iugoslávia, recusaram qualquer ajuda dos Estados Unidos.

            O Plano Marshall foi estendido também aos derrotados, como Alemanha (Ocidental) e Itália. O Japão foi beneficiado por um plano similar, denominado Plano Colombo. A recuperação econômica e a regularização do comércio mundial eram essenciais à continuidade do próprio sistema e à contenção do socialismo, além de assegurar para os Estados Unidos um mercado internacional capaz de absorver sua elevada e seu capital excedente.
            O final da Segunda Guerra significou a vitória da democracia sobre o nazi-facismo. A reestruturação dos países foi acompanhada pelo fortalecimento dos ideais democráticos e pelo revigoramento do sindicalismo, que acarretou maiores ganhos salariais e melhor distribuição de renda.
            O Plano Marshall contribuiu para a expansão mundial dos ideais da sociePublicar postagemdade de consumo, base do American way of life (“modo americano de viver”).
            A indústria de bens de consumo duráveis diversificou-se e expandiu o seu mercado. Os lares europeus, e até mesmo de alguns países subdesenvolvidos, foram invadidos por uma avalanche de produtos que passaram a ser consumidos em grande quantidade: rádios, televisores, máquinas de lavar roupa, enceradeiras, aspiradores de pó e, é claro, automóveis.

Bibliografia:
Geografia Geral e do Brasil - Ensino Médio. Elian Alabi Lucci, Anselmo Lazaro Branco e Cláudio Mendonça. Editora Saraiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário